quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Uma má manhã

Hoje de manhã foste má comigo.
Tu estavas embirrante, querias tudo e não querias nada.
Eu gosto cá pouco de birras, e tu consegues irritar e levar ao extremo as tuas birras.
Chamaste-me má...e eu custa-me tanto ouvir dizer-te isso.
Foste para a escolinha de beiças e chegaste lá com carinha triste, a educadora notou logo e tu respondeste logo, " Estou triste com a mãe."
Nem me deste um beijo nem nada, de torta que és.
Agora enquanto já esqueceste e já andas a brincar, eu estou aqui triste e com o coração apertadinho.
Não gosto nada de me sentir assim contigo.
Tenho saudades tuas.

Sem comentários:

Publicar um comentário