sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

Merda do cancro

Estar numa sala no convívio familiar e ter duas mulheres a lutar contra o cancro da mama, em 7 mulheres presentes, não é fácil voltar a conviver de perto com o cancro, mesmo não vivendo tão presente na vida dessas pessoas, custa muito voltar a ouvir falar de quimio, radios, injeções...
Esta doença está começar a ser como uma gripe, e será uma sorte não termos que passar por isso.
Ainda a semana passada morreu um rapaz que andou comigo na escola, em 2/3 meses foi-se, deixando uma filha.



2 comentários:

  1. Há doenças que revoltam mesmo. Quando estagiei em Oncologia, foi muito duro ver pessoas tão jovens a morrer.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar