sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Não há paciência

Hoje vi esta senhora na televisão a apresentar as suas cartas e as suas coisas e deu-me uma raiva e uma tristeza.
Tanta simpatia, tanta simpatia, tudo forçado.
Fala duas ou três cosias com as pessoas, sempre muito simpática e por vezes se a pessoa fala mais um bocadinho lá faz um sorriso muito amarelo para despachar, e que no dia seguinte telefonará para as pessoas, pessoalmente....então a pessoa está a ligar para quê?? Para ser despachada em menos de nada, para receber chamadas e mais chamadas para quê? Aquilo é algum contra relógio??
Não devia era telefonar ninguém...
O objectivo do programa e receber o maior numero de chamadas.
Coitadas é das pessoas que se fartam de ligar para lá para ouvir uma simpatia muito forçada e ficam todas satisfeitas.




quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

O rescaldo

A Pimpolha continua em casa, a recuperar e a descansar o seu pé.
Na próxima terça feira terá a consulta e o tratamento do pé.
Se tudo correr bem, regressará à sua rotina na quarta feira.
A operação correu bem, foi um aperto daqueles grandes.
Ver a minha pequenina meio drogada a ser levada nos braços das enfermeiras, com a cabeça a tombar e a olhar para mim e a dizer que estava muito tonta, e passado 1 hora vê-la deitada na caminha a dormir ligada a máquinas, foi um momento que espero não voltar a viver.
E o raio da miúda nunca mais acordava, acabou por acordar e a cabeça dela tombava, não tinha forças para se levantar, apenas disse que tinha muita fome, e perguntava pelo pé, não tinha o pé....dizia ela, mostrei-lhe o pé e que estava tudo bem, e acabou por adormecer novamente.
Voltou a acordar quando regressamos ao quarto e já parecia ela, acordou bem disposta e lá comeu e passado 1 hora fazíamos o nosso saco para voltar para casa.
Tem tido algumas dores, mas tem estado bem, bem disposta e a refilar porque quer andar, mas tem que ser tudo aos bocadinhos e com muito cuidado.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Obrigada pelas mensagens de carinho e de apoio.
Correu tudo bem.
A Pimpolha está bem.
Beijinhos.


sexta-feira, 23 de janeiro de 2015

quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Há dias assim

Que a tristeza é grande.
As saudades da minha mãe são muitas, tem sido uma aprendizagem e uma caminhada árdua viver sem ela.
Não a ter aqui para desabafar, para apoiar-me neste momento difícil.
A operação da Pimpolha, e uma coisa que me sobressalta, que me enerva, que me faz ficar muito ansiosa e com medo.
Se a minha mãe estivesse cá, estaria na mesma, como eu, a sofrer, mas com aquele ar que estava tudo bem, e com uma força imensa, a ajudar-me e a apoiar-me, estando sempre presente em tudo.
E essa falta custa muito, pois eras a pessoa que mais nos amava, sempre presente em tudo.
Nunca tive, não tenho e nunca terei nenhum familiar assim, tão presente, tão preocupado e tão amigo.
Saudades tuas minha mãe.
Amo-te muito e amarei sempre.
Olha pela tua neta e pela tua filha, que sentem tanto a tua falta.


quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

As minhas séries

O que tenho visto na TV, ou melhor, o que gravo e vou vendo aos poucos.
São estas as minhas séries de eleição.

 "Como defender um assassino", esta é a serie mais recente e estou a gostar muito.

 Mentes Criminosas 10





Um clássico, que começou a nova temporada e entretanto não deu mais, mas ao que parece em Fevereiro regressa.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Tudo explicado

Fomos a consulta com a anestesista para saber como tudo se vai processar, em termos da anestesia.
Como é feito o internamento e como tudo funciona.
Os passos que vão ser dados, a escala da dor e tudo o que é necessário saber.
E ao ouvir tudo estava a fazer o filme na minha cabeça e a enervar-me tanto por dentro, com uma vontade de sair dali e não ter que passar por isto tudo.
Mas não pode ser, tem que ser feito, e quanto mais rápido melhor.


segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

O belo do fim-de-semana

Em casa.
Doentes, ranhosos, cheios de dores.
Mas uma coisa boa, a Pimpolha, na boa....como se nada fosse.
Hoje o meu homem não se conseguiu levantar e continua na cama cheio de queixas.
A Pimpolha foi para a escolinha, pois quero-a bem longe destas bichezas.


quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Troca de Postais 2014


A Anna recebeu este postalinho da sua amiga Na Provincia



A Cantinho recebeu este postal da sua amiga Rosinha



Paula recebeu este postal e um miminho da sua amiga Anna



Evy Percebes recebeu o postal do amigo Bruno



A Rosinha recebeu o seu postal da Lemon



Rosa Chiclet recebeu o seu postal e miminho da amiga Paula



Ângela recebeu o postal e um cházinho açoreano da sua amiga Corisca Ruim.
Que bom.



A Paula Matos recebeu o seu postalito da  Evy

As minhas novas tatuagens

E são tão lindas.




quarta-feira, 14 de janeiro de 2015

Li e gostei


«Deus pesa as almas numa balança. Num dos pratos fica a alma, no outro as lágrimas dos que a choraram. Se ninguém  a chorou, a alma desce para o inferno. Se as lágrimas forem suficientes, e suficientemente sentidas, ascende para o céu. Ludo acreditava nisto. Ou gostaria de acreditar. Foi o que disse a Sabalu:

Vão para o Paraíso as pessoas de quem os outros sentem a falta. O Paraíso é o espaço que ocupamos no coração dos outros. Isto era o que me contava a minha avó. Não acredito. Gostaria de acreditar em tudo o que é simples - mas careço de fé.»

José Eduardo Agualusa, “Teoria geral do esquecimento”


terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Coisas que me fazem comichão

Estar na fila de um supermercado e ainda ter as minhas compras no fim do tapete e a espertalhona de trás já estar a enfiar as coisas dela juntas com as minhas.
Eu bem olho de lado, mas as pessoas não se tocam.
É preciso tanta paciência.



domingo, 11 de janeiro de 2015

8 meses

Faz hoje um ano que fomos a Fátima, eu fui agradecer o facto de estares melhor, do linfoma ter desaparecido, e voltar a pedir para que nunca te faltasse saúde.
Por ironia do destino passados 4 meses deixaste-me, foste embora para nunca mais voltar.
Tem sido muito difícil viver sem ti, esta dor não me deixa, não me dá sossego.
As saudades são uma coisa que não tem explicação.
Por vezes continuo a acordar e a pensar que acordei do pesadelo.
Fazes-me tanta falta...
Dava tudo para que estivesses aqui, preciso tanto de ti, de ouvir-te, de tocar-te, de falar-te, de desabafar...de abraçar-te, de ouvir-te dizer:
" Estás a chorar para quê? Anita, a vida continua...."
Mas sem ti, custa tanto...


quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Operação marcada

Será já este mês.
Já fez análises, coitadinha da minha Pimpolha, portou-se bem, custou-lhe, ia dizendo que estava a doer, mas depois começou a ficar muito branca e a dizer que não estava bem, que tinha dores.
Mas depois arrebitou, dei-lhe comida e lá foi melhorando.
Para a semana temos consulta de anestesia.
E depois será operada.
Que venha o dia para tirar logo o fibroma e ficar despachadinha, e para estes nervos, ansiedades e medos irem embora.

Cheia de nervos

Chegou a hora de irmos à consulta de cirurgia pediatrica.
Estou muito ansiosa, nervosa e desejando que isto passe depressa.

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Fiquei cheia de pena

Então não é que o Sr.Dentista não apareceu....
Esperei, esperei e nada....
A tarde volto lá para ver se o senhor é encontrado.
Mas se não apareceres, não há razões para nos chatearmos, amigos como sempre.

Lá vou eu

Que medo.
Já estou a  tremer que nem varas verdes...


segunda-feira, 5 de janeiro de 2015

Já nem me lembrava

Acabaram de ligar.
Amanhã tenho dentista.
Ai, que já vou começar a tremer com o medo que tenho daquilo.
Começo já a pensar no tratamento e já perco a vontadinha toda de ir.
Tantos anos e anos, e não há meio de me habituar ao dentista.


sexta-feira, 2 de janeiro de 2015



Primeiro dia do ano

Um dia de passeio com os amigos.
Brincaste, riste, conversaste, amuaste, até deste com as costinhas no chão, com as macacadas que fazes
Foi um dia em grande, de passeio, amizade.
É tão bom que a minha filha brinque com os filhos da minha amiga, com quem tanto brinquei.
Isto é amizade.